Criatura da luz

Eu sou o respirar da sua pele
Eu sou o veludo ao redor do seu corpo
Eu sou o beijo no seu pescoço
Eu sou o brilho dos seus cílios
Eu sou a abundância de seus cabelos
Eu sou o canto de seus olhos
Eu sou a impressão de seus dedos
Eu sou o sangue em suas veias
E dia sim
dia não eu passo pelo seu coração

Não importa quão depressa você corra
E quão longe você vá
Você me carrega com você!
Aonde quer que você vá
O que quer que você faça
Eu sou parte de você

Eu sou os sonhos não vividos
Eu sou a angústia que a persegue
Eu sou a dor entre suas pernas
Eu sou o grito em sua cabeça
Eu sou o silêncio
o medo em sua alma
Eu sou a mentira
a perda da sua dignidade
Eu sou o desfalecimento - a ira de seu coração
Eu sou o vácuo
que um dia você se tornará



Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

entropia

caso